Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialNovo Plano Nacional de Logística entra em fase de consulta pública
Quem Somos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Transparência e Prestação de Contas

Novo Plano Nacional de Logística entra em fase de consulta pública

30 de março de 2021

Novo Plano Nacional de  Logística entra em fase de consulta pública

Nesta terça-feira (30), o Ministério da Infraestrutura e a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) disponibilizaram para consulta pública o Plano Nacional de Logística – 2035 (PNL 2035). O documento traz um diagnóstico da logística brasileira e prevê cenários estratégicos na logística, abrangendo todos os modos de transporte.

O PNL 2035 apresenta ao Governo Federal as necessidades e oportunidades para o desenvolvimento sustentável da rede de transportes, maximizando os impactos positivos na sociedade e no mercado nacional e internacional. O trabalho conta com a disponibilização de informações do Observatório Nacional de Transporte e Logística e adota consideráveis inovações em relação ao PNL 2025, lançado no ano de 2018.

Como forma de sistematizar e integrar todo o ciclo de planejamento de transportes em nível federal, o plano traz ferramental tecnológico e informacional robusto para a priorização e implantação de ações e projetos com maior assertividade, por meio da estimativa de indicadores estratégicos para cada cenário futuro simulado. O PNL será capaz também de subsidiar a elaboração dos Planos Setoriais Táticos, como o Plano Setorial de Transportes Terrestres, o Plano Setorial Portuário, o Plano Setorial Hidroviário e o Plano Aeroviário Nacional.

Para o novo PNL, a EPL consolidou novas matrizes de origem e destino. Os técnicos da estatal utilizaram dados de telefonia móvel e de notas fiscais eletrônicas para entender a movimentação de cargas e passageiros, em diferentes modos de transporte, por todo o território nacional. Para traçar o cenário com o horizonte dos próximos 15 anos, o documento também leva em conta em conta projeções econômicas, perspectivas tecnológicas e políticas públicas de desenvolvimento.

Para o diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, a nova versão do PNL é um marco para a EPL e, sobretudo, para o planejamento integrado de transportes no Brasil. Ele destaca também o rigor técnico empregado no plano.

“Os resultados do PNL 2035 surgem por meio da utilização de parâmetros transparentes, alinhados à Política Nacional de Transportes do Ministério da Infraestrutura. Desta forma, torna-se possível que o Poder Público e a sociedade interessada apreciem de forma objetiva os cenários testados.”

Debates - Durante a etapa de elaboração do PNL 2035, a EPL realizou uma série de seminários com representantes do setor produtivo e especialistas. Foram seis encontros virtuais onde foram apresentados e debatidos os estudos desenvolvidos pela estatal para rodovias, portos, ferrovias, transporte aquaviário e intermodalidade, além da metodologia utilizada.

A consulta pública, que será conduzida pelo Ministério da Infraestrutura, terá duração de 30 dias. Para participar, basta acessar a plataforma Participa + Brasil.