Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Porto - Terminal de Carga Geral no Porto de Itaqui/MA - IQI 18 

Voltar para: Página Inicial ProdutosProdutos EPL nas ConcessõesEPL nas Concessões ConcessõesConcessões Página InicialPorto - Terminal de Carga Geral no Porto de Itaqui/MA - IQI 18
Quem Somos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Fale Conosco
SETOR
Portos
STATUS DO PROJETO
Concluídos
UF(s)
MA
LOCALIZAÇÃO
Porto de Itaqui/MA
VOCAÇÃO
Celulose
CAPACIDADE
1,5 milhões de toneladas/ano
ELABORAÇÃO
ANTAQ, MTPA, EPL e EMAP
PRAZO
20 anos

Informações do projeto

Arrendamento de terminal para movimentação de carga geral no Porto de Itaqui - Estado do Maranhão.

Trata-se de um terminal para a movimentação de carga geral (celulose), no porto de Itaqui, no município de São Luis, Estado do Maranhão. A área em que será instalado o arrendamento é uma área Greenfield de aproximadamente 53 mil m², próxima à Portaria Sul de acesso ao porto. O arrendatário deverá construir um novo berço de atracação – berço 99, que será operado pelo arrendatário de forma prioritária, mas compartilhada com outros operadores.

O acesso ao terminal poderá ser feito por rodovia e ferrovia. O acesso para caminhões se dará pela extremidade sudoeste do terminal. O terminal proposto foi projetado para receber fardos de celulose, majoritariamente pelo modal ferroviário. Para evitar o impacto no tráfego sobre os principais ramais ferroviários do porto, será necessário implantar pelo menos três novos ramais de linha ferroviária (outros ramais a critério do futuro arrendatário).

O terminal ora em comento fará parte da cadeia logística da fábrica de celulose em Imperatriz/ MA. 

A capacidade dinâmica estimada para o sistema de descarga ferroviária é de 1,5 milhão de toneladas/ ano. Prevê-se a construção de um novo armazém de aproximadamente 24.000 m², equipado com sistema de movimentação de cargas composto por 3 guindastes tipo pórtico e 12 empilhadeiras.

A descarga dos vagões será realizada com os pórticos, seguida pelo transporte dos fardos até as pilhas, com auxílio das empilhadeiras. O carregamento de carretas será realizado exclusivamente com as empilhadeiras. O valor total de investimentos previstos é de R$ 214,9 milhões.

O prazo contratual previsto é de 20 anos, prorrogável até 70, e o critério de leilão é o maior valor de outorga.

Galeria

Porto - Terminal de Carga Geral no Porto de Itaqui/MA - IQI 18