Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialParticipação dos portos do Arco Norte na exportação de grãos aumentou em 2020, mostra Diagnóstico Logístico da EPL
Quem Somos
Comissão de Ética
Estatuto Social Galeria de Diretores
Gestão de Pessoas
Lei Nº 12.743 - Criação da EPL Missão, Visão e Valores Estrutura Organizacional
Rol de Responsáveis
Colegiados (COAUD, CONFIS e COELE)
Regimento Interno Regulamentos Internos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Transparência e Prestação de Contas

Participação dos portos do Arco Norte na exportação de grãos aumentou em 2020, mostra Diagnóstico Logístico da EPL

19 de julho de 2021

Participação dos portos do Arco Norte na exportação de grãos aumentou em 2020, mostra Diagnóstico Logístico da EPL

O escoamento da produção de grãos pelos portos do Arco Norte teve um aumento de 4,6% em 2020. As instalações portuárias localizadas nos estados de Rondônia, Amazonas, Pará, Amapá, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia foram responsáveis pela exportação de 37,6 milhões de toneladas de milho e soja, número que corresponde a 33,2% do total exportado pelo Brasil em 2020. Este é um dos destaques que mostra o “Diagnóstico Logístico 2010-2020”, publicação da Empresa de Planejamento e Logística (EPL) produzida pelo Observatório Nacional de Transporte e Logística (ONTL) e que consolida as informações sobre o setor de transportes no Brasil. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (19).

A pavimentação da BR-163, concluída pelo Governo Federal em fevereiro de 2020, ampliou a competitividade dos terminais portuário do Arco Norte. Segundo o documento, as melhorias na infraestrutura da Região Norte podem contribuir para que se possam extrair todas as vantagens competitivas dos portos da região.

O aumento da movimentação de carga conteinerizada nos portos brasileiros também é um dos destaques do “Diagnóstico Logístico”. O setor aquaviário movimentou 1,15 bilhões de toneladas em 2020, sendo que 10,4% foram de cargas conteinerizadas. O número é importante pois o tipo de carga transportada por contêineres costuma ter alto valor agregado. 

O diagnóstico também traz números que mostram o impacto da pandemia de Covid-19, principalmente no primeiro semestre de 2020, quando foram observados recordes históricos na queda dos níveis de atividade econômica. Apesar dos efeitos negativos na economia, o Ministério da Infraestrutura conseguiu dar prosseguimento ao programa de concessões de ativos de infraestrutura. Ao final de 2020, as rodovias concedidas representaram 14,1% do total da malha rodoviária federal. O número é mais do que o dobro do registrado em 2010, quando o percentual era de 6,1%.

Conjuntura econômica - No material, ainda estão disponíveis para a consulta informações sobre produção agrícola e industrial, fluxo de mercadorias e de passageiros e outros aspectos de conjuntura econômica, bem como dados sobre meio ambiente e números de acidentes. A divulgação dos dados consolidados do Observatório Nacional de Transporte e Logística contribui para ampliar o conhecimento das atividades do setor pela sociedade e permite a realização de pesquisas, estudos e análises mais abrangentes.

Para ler o documento na íntegra, acesse:

https://ontl.epl.gov.br/publicacoes/diagnostico-logistico/