Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialMinistério da Infraestrutura assina contrato de rodovia estruturada pela EPL
Quem Somos
Comissão de Ética
Estatuto Social Galeria de Diretores
Gestão de Pessoas
Lei Nº 12.743 - Criação da EPL Missão, Visão e Valores Estrutura Organizacional
Rol de Responsáveis
Colegiados (COAUD, CONFIS e COELE)
Regimento Interno Regulamentos Internos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Transparência e Prestação de Contas

Ministério da Infraestrutura assina contrato de rodovia estruturada pela EPL

06 de julho de 2020

Ministério da Infraestrutura assina contrato

Na manhã desta segunda-feira (6), o Ministério da Infraestrutura assinou o contrato entre o Governo Federal e o Grupo CCR para a concessão do trecho de 220,4 quilômetros da BR-101 entre os municípios catarinenses de Palhoça e São João do Sul.

A Empresa de Planejamento e Logística (EPL) foi responsável pelos estudos que possibilitaram a concessão da rodovia, que receberá mais de R$ 7 bilhões em investimentos.  O projeto prevê a construção de mais de 100 quilômetros de terceira faixa e mais 70 quilômetros de vias marginais. No total, serão quase 500 obras que vão gerar mais de quatro mil empregos.

Durante a cerimônia de assinatura do contrato, o ministro elogiou o trabalho realizado para a estruturação do projeto e ressaltou a importância do programa de concessões do governo.

“A assinatura do contrato é uma entrega para a sociedade. Fazemos a concessão para melhorar a prestação de serviço para o usuário, para tornar o Brasil mais eficiente.”

Ressarcimento de custos – Com a assinatura do contrato, a EPL recebeu o ressarcimento de R$716.496,06 pela realização os ajustes necessários no projeto. O valor é pago pela concessionária vencedora, desta forma os estudos não resultam em custos para os cofres públicos.

Relembre o leilão - O leilão para a concessão da BR-101/SC foi o primeiro realizado em 2020. Realizado no dia 21 de fevereiro, o Grupo CCR ofereceu R$ 1,9712 como valor da Tarifa Básica de Pedágio.

O leilão contou com a presença do diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, que na ocasião ressaltou a qualidade do projeto apresentado.

 “A alta competitividade é resultado direto do trabalho desenvolvido pela EPL, que entregou ao governo federal um projeto de concessão de altíssima qualidade e que atende a todos os envolvidos.”