Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialMetodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
Quem Somos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Fale Conosco

Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público

16 de outubro de 2019

Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público

A Empresa de Planejamento e Logística apresentou nesta terça-feira (16) a sua nova Metodologia de Estruturação de Projetos de Infraestrutura, conhecida como MEPI. O documento propõe parâmetros para que os novos projetos sejam mais atrativos aos investidores, além de auxiliar na definição de políticas públicas.

Durante o seminário de lançamento do trabalho, o diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, agradeceu a consultoria da KPMG pela colaboração que resultou na proposta final da metodologia. Ele também esclareceu que a MEPI foi elaborada com base em premissas estritamente técnicas e fruto de um trabalho de planejamento.

“Percebemos a necessidade de termos uma análise de custo e benefício. A metodologia proposta pela EPL aponta quais empreendimentos devem ser priorizados dentro da carteira de projetos e a forma como devem realizados os estudos de viabilidade para projetos de parceria com o setor público”, disse.

Integração – O seminário reuniu secretários dos ministérios da Economia e da Infraestrutura e da Presidência da República para apresentar as novidades e esclarecer eventuais dúvidas. Para secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura, Natália Marcassa, uma das palestrantes seminário, a EPL é o braço pensante e executor de planejamento e estruturação do Ministério.

“A carteira de rodovias, que é o maior percentual da nossa carteira de projetos, está sendo estruturada pela EPL, com expertise da empresa. Com a interlocução e a credibilidade que a EPL tem no diálogo sobre esse modal”, disse.

A abertura do seminário, que foi finalizado nesta quarta-feira (16), também contou com palestras dos sócios da KPMG, Rúben Palminha e Charles Schramm, da Analista de Programa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Maria Teresa Fontes, do secretário do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, e do secretário do Programa de Parcerias e Investimentos, Thiago Caldeira.

Segurança para investidores – O diretor de gestão da EPL, Marcelo Caldas, afirmou que a metodologia criada pela empresa estabelece que os projetos de infraestrutura tenham uma estrutura básica única e padronizada para em sua modelagem. “A MEPI garante que os investidores tenham segurança jurídica e econômica para que o Brasil desenvolva sua infraestrutura e logística.”

A nova metodologia começou a ser elaborada no início de 2018 e foi realizada dentro das melhores práticas internacionais. Ao longo de 18 meses, técnicos da EPL e da KPMG promoveram workshops para a transferência de tecnologia entre as instituições.

 

Galeria

  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
  • Metodologia propõe novas formas de estruturação de projetos ao poder público
Apresentações dia 15/10

Tamanho do arquivo: 7,24 MB

Apresentações dia 16/10

Tamanho do arquivo: 3,03 MB