Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialInvestimentos em rodovias do Paraná podem gerar economia de R$ 100 bilhões aos usuários
Quem Somos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Transparência e Prestação de Contas

Investimentos em rodovias do Paraná podem gerar economia de R$ 100 bilhões aos usuários

26 de fevereiro de 2021

Investimentos em rodovias do Paraná podem gerar economia de R$ 100 bilhões aos usuários

A concessão de 3,5 mil quilômetros de rodovias no Paraná tem o potencial de gerar uma economia de R$100 bilhões aos motoristas ao final do período dos 30 anos previstos para os novos contratos. O levantamento feito pelo Observatório Nacional de Transporte e Logística (ONTL), ligado à Empresa de Planejamento e Logística (EPL), mostra que as melhorias previstas no projeto vão aumentar a eficiência logística, reduzindo assim os gastos com combustíveis, pneus, manutenção de veículos e outros custos.

Os números foram publicados nesta sexta-feira (26) no Artigo Técnico nº 3 que também mostra que os benefícios dos investimentos do setor privado nas rodovias ultrapassam a esfera econômica e refletem em melhorias no cotidiano dos cidadãos. Estima-se que as concessões vão gerar um impacto de mais de R$ 135 bilhões sobre a produção e renda do estado.

O artigo aponta ainda que as cláusulas previstas nos contratos são capazes de gerar investimentos socioambientais de mais de 400 milhões de reais.

Segurança – Além da melhoria da capacidade viária, as novas concessões preveem investimentos para o aumento da segurança do usuário, como o uso de iluminação em led e pontos de descanso. O artigo do ONTL estima que poderia haver a redução de seis mil mortes em decorrência de acidentes no período da concessão. 

Em artigo publicado hoje (26) no jornal paranaense Gazeta do Povo, o diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, alertou que as estimativas feitas só sairão do papel caso os investimentos de R$ 42 bilhões sejam de fato realizados. Mas garantiu que, se forem bem sucedidos, os contratos vão garantir o desenvolvimento do Paraná. “Uma região só se torna competitiva quando tem meios eficazes de deslocamento de pessoas, serviços e mercadorias. Os benefícios desses ativos são incontestáveis: redução da pobreza, aumento da competitividade, geração de empregos e de renda.”

Para ler o artigo completo, acesse: https://ontl.epl.gov.br/publicacoes/artigos-tecnicos/