Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialGoverno assina contrato de terminal portuário estruturado pela EPL
Quem Somos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Fale Conosco

Governo assina contrato de terminal portuário estruturado pela EPL

27 de fevereiro de 2020

Governo assina contrato de terminal portuário estruturado pela EPL
Nesta quinta-feira (29), ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou o contrato de concessão do terminal PAR01, localizado no Porto de Paranaguá, no Paraná. A área de 27.530 m² voltada para a movimentação de celulose foi arrematada em leilão pela Klabin S.A em agosto de 2019 e agora, com o contrato assinado, receberá R$ 87 milhões em investimentos em um prazo de 25 anos. 

A Empresa de Planejamento e Logística – EPL foi a responsável pela estruturação do projeto durante o processo de concessão. A empresa atualizou as premissas de mercado e aprimorou as metodologias que garantem a segurança jurídica do contrato.  

O diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, acompanhou a cerimônia de assinatura que também contou com a presença do governador do Paraná, Ratinho Jr, do secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni e representantes da Klabin.

As obras para a implantação do terminal serão iniciadas ainda em 2020 com a construção de um novo armazém. Quando finalizado, o empreendimento vai movimentar mais de um milhão de toneladas de celulose por ano e contará com conexões viárias e ferroviárias.

Para o ministro, o crescimento portuário do Brasil demonstra que o setor está no caminho certo e os investidores confiantes. 

“No ano passado, fizemos mais leilões de arrendamento portuário na história, foram 13 leilões e 29 contratos de adesão para terminais privados. E nós geramos, em outorgas, mais de R$ 800 milhões e tantos bilhões de investimentos no setor. Então é um setor que renasce porque está indo na direção correta e porque temos gestões técnicas e profissionais em todos os portos. E isso é fundamental para trazer a confiança do investidor para o país", ressaltou.
 
Novos leilões
Ao longo de 2020 mais cinco áreas portuárias serão leiloadas pelo Governo Federal, quatro no Maranhão e uma em São Paulo. Assim como PAR01, os estudos necessários para o leilão destes terminais também foram estruturados pela EPL. No dia 20 de fevereiro, o Tribunal de Contas da União – TCU aprovou os estudos feitos pela empresa para os terminais maranhenses. A previsão é de que os editais sejam publicados ainda no primeiro semestre do ano.