Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialEPL recebe equipe do Radar Anticorrupção para monitoramento da governança
Quem Somos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Fale Conosco

EPL recebe equipe do Radar Anticorrupção para monitoramento da governança

11 de maio de 2020

EPL recebe equipe do Radar Anticorrupção para monitoramento da governança

A Empresa de Planejamento e Logística - EPL iniciou nesta segunda-feira (11) a etapa de visitas presenciais feitas pela equipe do Ministério da Infraestrutura no âmbito do Programa Radar Anticorrupção. A supervisão ministerial está sendo feita em todas as empresas vinculadas ao órgão e tem como objetivo verificar boas práticas, vulnerabilidades e fazer recomendações na temática governança e ética.

A EPL apresentou as ações que vem sendo promovidas nas áreas de auditoria, integridade, ouvidoria, governança de tecnologia da informação, gestão de bens, contabilidade e ações judiciais. Nesta terça-feira (12), os integrantes do ministério farão reuniões bilaterais com os setores para completar o mapeamento em cada tema.

O diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, pontuou os principais avanços da estatal, como a redução de custos de contratos permanentes e eficiência na gestão. “Temos que ter como norte a transparência e garantia de boas práticas na gestão responsável do dinheiro público, sem perder de vista a natureza empresarial da EPL, que garante que possamos inovar e entregar produtos técnicos relevantes para os nossos clientes”, completou.

Relatório - A equipe do Ministério da Infraestrutura é formada por representantes da Secretaria Executiva, Subsecretaria de Governança e Integridade, Corregedoria, Ouvidoria e Assessoria de Controle Interno. Ao final das visitas, será apresentado um relatório de recomendações de melhorias nos sistemas de controle.

“O objetivo é uma relação de colaboração entre as equipes, para garantir as melhores práticas e adoção de diretrizes no âmbito do Ministério da Infraestrutura. O relatório também poderá trazer elogios de ações eficientes que foram aplicadas pela atual diretoria executiva”, concluiu a subsecretária de Governança e Integridade do Ministério da Infraestrutura, Fernanda Costa de Oliveira.