Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialEPL inicia atualização de Plano Mestre do Complexo Portuário de Manaus
Quem Somos
Comissão de Ética
Estatuto Social Galeria de Diretores
Gestão de Pessoas
Lei Nº 12.743 - Criação da EPL Missão, Visão e Valores Estrutura Organizacional
Rol de Responsáveis
Colegiados (COAUD, CONFIS e COELE)
Regimento Interno Regulamentos Internos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Transparência e Prestação de Contas

EPL inicia atualização de Plano Mestre do Complexo Portuário de Manaus

18 de outubro de 2021

EPL inicia atualização de Plano Mestre do Complexo Portuário de Manaus

Nesta segunda-feira (18), a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) iniciou as atividades para a atualização do Plano Mestre do Complexo Portuário de Manaus (AM). O trabalho desenvolvido pela EPL realiza um diagnóstico sobre a situação atual do Porto e apresenta as ações de curto, médio e longo prazo necessárias para o seu desenvolvimento.

Na parte da manhã, o diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, apresentou à Autoridade Portuária como será o processo de atualização do Plano Mestre e uma projeção preliminar sobre a demanda para o complexo portuário nos próximos anos. Durante a visita técnica realizada no Porto de Manaus, a equipe da EPL conferiu as instalações e a infraestrutura portuária, além dos acessos rodoviários e aquaviários do complexo.

“O Plano Mestre traz uma visão estratégica sobre o desenvolvimento do Complexo Portuário dos próximos anos. O documento que será atualizado pela EPL vai indicar as ações e investimentos necessários para que o Porto de Manaus esteja integrado ao sistema de transporte nacional, desenvolva a economia regional e seja um gerador de renda e empregos”, disse.

Planos Setoriais - A atualização dos Planos Mestres Portuários faz parte do trabalho desenvolvido pela EPL que identifica necessidades de investimentos e propõe a carteira de arrendamentos a ser estruturada e estudada nos próximos anos em todos os complexos portuários brasileiros. O Plano Setorial Portuário é desenvolvido com base no Plano Nacional de Logística (PNL) 2035, documento que marca a retomada do planejamento de transportes no Brasil, desenvolvido pelo Ministério da Infraestrutura em parceria com a EPL.