Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialConcessão da BR-163/230/MT/PA vai gerar mais de R$ 1,8 bi em investimentos e 29 mil empregos
Quem Somos
Comissão de Ética
Estatuto Social Galeria de Diretores
Gestão de Pessoas
Lei Nº 12.743 - Criação da EPL Missão, Visão e Valores Estrutura Organizacional
Rol de Responsáveis
Colegiados (COAUD, CONFIS e COELE)
Regimento Interno Regulamentos Internos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Transparência e Prestação de Contas

Concessão da BR-163/230/MT/PA vai gerar mais de R$ 1,8 bi em investimentos e 29 mil empregos

08 de julho de 2021

Concessão da BR-163/230/MT/PA vai gerar mais de R$ 1,8 bi em investimentos e 29 mil empregos

Nesta quinta-feira (29), o consórcio Via Brasil arrematou em leilão o trecho de mais de mil quilômetros da BR-163/230/MT/PA, entre os municípios de Sinop (MT) e Miritituba (PA). O grupo ofereceu uma tarifa de R$ R$ 7,867 para cada 100 quilômetros, um deságio de 8,09% da tarifa prevista, e será responsável por operar a rodovia pelos próximos 10 anos.  

A Empresa de Planejamento e Logística (EPL) foi responsável pelos estudos que possibilitaram o leilão da rodovia, que receberá investimentos de R$ 1,87 bilhão em obras durante o período do contrato, além de R$ 1,2 bilhão em custos de operação e manutenção.

Com a concessão, serão construídos acessos definitivos aos terminais portuários de Santarenzinho, Itapacurá e Miritituba, no Pará. Os investimentos também resultarão em faixas adicionais, acostamentos, vias marginais e devem gerar mais de 29 mil empregos.

Durante a cerimônia de batida do martelo, o ministro da Infraestrutura destacou a importância do leilão para o agronegócio brasileiro.

“É a primeira concessão rodoviária da região Norte, da região Amazônica. Estamos transformando a logística do Brasil, tornando nosso país mais competitivo, e esse movimento não vai parar”, disse.

Após o leilão, o diretor-presidente da EPL, Arthur Lima, destacou que a rodovia é estratégica para o escoamento da produção de grãos do Pará e do norte da região Centro-Oeste para os portos do Arco Norte.

“Hoje, com mais esse leilão, o Governo Federal mostra que está no caminho certo para conceder à iniciativa privada ativos que trazem novos investimentos e geração de emprego para o país”, disse.