Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ImprensaImprensa NotíciasNotícias Página InicialBoletim Logístico 1º semestre de 2019 já está disponível para consulta
Quem Somos
Acesso à Informação
Produtos
Governança
Imprensa
Fale Conosco

Boletim Logístico 1º semestre de 2019 já está disponível para consulta

24 de dezembro de 2019

Boletim Logístico 1º semestre de 2019

A Empresa de Planejamento e Logística disponibiliza para consulta e download os dados consolidados do Boletim Logístico, referente ao período janeiro a junho de 2019. O documento traz os dados da infraestrutura existente, cargas transportadas, produção, frotas circulantes, acidentes, intermodalidade, informações macroeconômicas e investimentos realizados.

Entre os destaques está o investimento federal no setor de transporte, que no modo ferroviário cresceu 38% na comparação do 1º semestre de 2019 com igual período de 2018. Do montante total, 75,7% dos recursos foram empregados na Ferrovia Oeste Leste. Com isso, a participação dos investimentos ferroviários – do total dos modos de transporte – subiu de 5% no 1º semestre de 2018 para 8,9% no mesmo período de 2019.

A movimentação de contêineres sobre trilhos também cresceu. No primeiro semestre de 2019 foram transportadas 2,4 milhões de toneladas úteis (TU) de carga por meio ferroviário, um volume 25,5% maior em relação ao mesmo período de 2018. A subida foi de 24,6% quando consideradas toneladas por quilômetro útil (TKU).

Outro ponto positivo é a redução média de acidentes em rodovias federais. Dando sequência a queda iniciada no 1º semestre de 2014, o número de acidentes nas rodovias federais no 1º semestre de 2019 recuou 10% em relação ao mesmo período de 2018. Em relação às vítimas fatais em acidentes houve uma queda de 0,9%, na comparação dos dois períodos.

Aeronaves mais cheias – No primeiro semestre de 2019, 56 milhões de pessoas viajaram de avião. O maior crescimento foi em rotas internacionais (4,7%), que somou 12 milhões de passageiros. Nesses trajetos a ocupação das aeronaves foi de 83%, mesmo nível do primeiro semestre de 2018.

Em voos domésticos a movimentação foi 0,8% maior do que em 2018, atingindo 44 milhões de pessoas transportadas. A taxa de ocupação chegou a 82%.

Os terminais mais movimentados do país estão em São Paulo, com o Aeroporto de Guarulhos e o de Congonhas somando mais de um quarto de todos os passageiros brasileiros. Em terceiro lugar aparece o Aeroporto Internacional de Brasília.

Portos – Os terminais portuários também registraram uma maior movimentação nos seis primeiros meses de 2019. Se comparado com o início da série histórica, em 2013, o crescimento é de 12,3% nos portos públicos e 20,5% nos portos privados, reafirmando tendência de crescimento maior na movimentação de portos privados.

A pesquisa detalha também o tipo de carga transportada. O granel sólido continua tendo a maior participação por perfil de carga, com 61,3% do total.

A produção de milho registrou crescimento expressivo de 18,8% em relação à safra anterior em função da quebra de safra ocorrida em 2018, e também o aumento na produção de aeronaves executivas de 16,1% e de 11,7% na produção de caminhões.

Os novos dados ampliam a série histórica estatística de informações dos diversos modos de transportes. Para a consolidação das análises do Boletim, o ONTL utiliza bases de dados disponibilizadas por instituições públicas e privadas responsáveis pela operação e monitoramento de cada setor da economia que guarda relação com o setor de logística e transporte brasileiro.

Clique aqui para fazer o download do Boletim de Logística 1º semestre de 2019. Para versões anteriores e demais publicações realizadas pelo ONTL, clique aqui.